Os baianos Isaquias Queiroz e Jacky Godmann seguem na luta por medalha na canoagem velocidade dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Após não se classificar na primeira bateria, a dupla voltou à água e garantiu vaga na semifinal do C2 1.000m ao vencer a segunda bateria com o tempo de 3m48s611, na madrugada desta segunda-feira (2).

Isaquias e Jacky voltam para a disputa da semifinal na noite desta segunda. A prova está marcada para começar às 21h52 no horário de Brasília. Serão cinco canoas e apenas a última dupla de cada bateria será eliminada do torneio. Os baianos vão encarar a dupla do Canadá, Roland Varga e Connor Fitzpatrick; da Alemanha, Sebastian Brendel e Tim Hecker; República Tcheca, Petr Kuksa e Martin Fuksa; e Cuba, Serguey Torres Madrigal e Fernando Dayan Enriquez. Depois, às 23h53, acontece a final da categoria que valerá medalha olímpica.

Isaquias Queiroz está na sua segunda Olimpíada. Na Rio-2016, ele conquistou a medalha de prata no C2 1.000m ao lado de outro baiano Erlon Souza, que não viajou para Tóquio por conta de uma lesão. O jovem Jacky Godmann, de 22 anos, está substituindo o conterrâneo na sua primeira disputa olímpica.