Uma surpreendente reviravolta aconteceu nesta quinta-feira (6) na câmara de vereadores de Itapetinga: o vereador Valquírio Lima, que até a semana passada era apenas o primeiro-suplente do PSD, ocupou a vaga deixada pelo falecimento do vereador Léo Matos e, ainda por cima, conseguiu se eleger presidente da Casa Legislativa..

A articulação obedeceu ao acordo realizado em dezembro pelas lideranças políticas que apoiam o prefeito Rodrigo Hagge (MDB), para que o PSD elegesse a presidência da câmara, que acabou recaindo sobre o vereador Léo Matos, candidato mais votado do partido.

Diante da necessidade de eleição de um novo presidente, o acordo foi mantido e o PSD indicou, para concorrer ao cargo, o vereador recém empossado Valquirão, que acabou sendo eleito por 14 votos afavor e uma abstenção. O outro vereador da bancada do PSD, pastor Evandro, abriu mão da indicação, em favor de Valquirão.

Na articulação, o prefeito Rodrigo Hagge ampliou a sua base de apoio, passando a contar com a “boa vontade” da oposição, que também apoiou o nome de Valquirão para presidente.

Valquírio Lima assume a presidência da Câmara de Vereadores de Itapetinga para o biênio 2021/2022.

Por Davi Ferraz