Pesquisadores americanos e europeus realizaram testes em macacos infectados com o coronavírus Mers (sigla para Síndrome Respiratória Coronavírus do Oriente Médio) e descobriram que o tratamento com dois medicamentos combinados reduziu a replicação viral e danos pulmonares causados pela infecção.

O estudo com os resultados foi publicado nesta semana na revista “Nature Medicine”.

Os cientistas apontam que uma combinação da ribavirina e do interferon alfa 2b, medicamentos normalmente utilizados para tratar a hepatite C, pode funcionar em tratamentos contra o coronavírus.

A pesquisa incluiu especialistas da Universidade de Washington, em Seattle, e do Instituto Nacional para a Alergia e Doenças Infecciosas, ambos nos EUA. Além deles, pesquisadores da Universidade Pierre e Marie Curie, na França, participaram do estudo.